A dose certa

Entre os 6 e 14 anos de idade, nossos filhos experimentam grandes transformações. Pela primeira vez, passam a ter uma vida social além da família. Suas competências também se desenvolvem aceleradamente, permitindo que compartilhem com seus pais algumas decisões, e experimentem uma dose maior de autonomia.

O grande desafio dos pais neste momento é dosar a proteção e a liberdade, preservando as crianças dos riscos que elas desconhecem ao mesmo tempo em que oferecem oportunidades para que elas continuem se desenvolvendo. A chave para a dosagem correta, por sua vez, está em conhecer bem os nossos filhos. Devemos entender precisamente o que eles já são capazes de fazer ou aprender, e nunca anulá-los em situações com as quais eles poderiam lidar sozinhos. (Uma recomendação que, aliás, vale para pais com filhos em qualquer idade.)

Dr. Estêvão Bittar

Dr. Estêvão Bittar

Doutor em neurociências pela USP e vice-presidente da Bittar Educação.
Oferece reflexões e dicas sobre educação de filhos, do ponto de vista das neurociências.

Ver todos os posts

Inscreva-se no nosso canal do YouTube

Ouça pelo Spotify